O Querido

Cantos caídos de seus olhos
Olhos vidrados na janela de vidro
O olhar alheio passa percebido
Causa até um arrepio
Claro que você o quer

Aqueles ombros largos
A grande estatura
Cabelos avermelhados
Lábios em processo de abertura
E àquela altura, quem não o quer?

Seria ele um deus grego
Que de grego não tem nada
Talvez só o apelo
Aquele tipo físico que deixa qualquer pessoa encantada
O querendo por inteiro?

Agora até eu o quero
Aqueles lábios me chamaram a atenção
Mas sei que você os viu primeiro
Então manterei a educação
Outro dia aparecerá alguém querendo roubar meu fôlego e coração

Corra até ele logo
Antes que outra pessoa o faça
Alguém que não disfarça
Que aproveita sem medo
Porque querendo tanto, quem ficaria só de graça?

Anúncios